Uma categoria bem conhecida de consumidores são os colecionadores, aqueles que tanto valorizam ostentar uma raridade em sua adega que até esquecem de desfrutá-la no seu melhor momento. Pois dois colunistas americanos criaram uma data interessante aos apaixonados por vinho (e não apenas colecionadores): o open that bottle night.

Ele ocorre no último Sábado de Fevereiro e foi obra de John Brecher e Dorothy Gaiter, casal de colunistas do Wall Street Journal que propuseram a data no ano 2000 para que seus leitores contassem as suas experiências com as garrafas abertas.

Em sua última coluna em janeiro de 2010, Dottie e John escreveram:

Vinho não é um esporte para espectadores. É íntimo em sua essência. Não deixe qualquer um dizer do que você deve gostar, incluindo nós. Prove todos os tipos de vinho - nunca houve tanta coisa boa, de todos os preços, nas prateleiras - e continue aumentando o seu nível de exigência para aquilo que você julga ser realmente inesquecível. Assim você estará sempre em busca do próximo vinho que irá tocar a sua alma e se sentir em um lugar em que nunca esteve. Não se trata de vinhos deliciosos, se trata de experiências deliciosas. Que sua vida seja repleta delas.

Ações como esta ajudam a criar um propósito, um sentido na experiência de abrir uma garrafa e nos mostram as inúmeras possibilidades que temos para criar ocasiões que incentivem o consumo de uma forma criativa e inspiradora. Logo me vem em mente iniciativas interessantes, criativas e que vem sendo promovidas com consistência ao longo dos anos como o Malbec World Day, o Primum Familiae Vini e alguns outros (confesso que tenho dificuldade em lembrar de outros exemplos).

Em um oceando de ações, fico me questionando quanto tempo perdemos fazendo promoções sem sentido, lotando os emails dos mesmos consumidores e criando ações totalmente desconectadas com os valores do vinho.

"Não perca nossa seleção de vinhos de inverno" até pode ser legal, mas será que não temos outras formas mais inspiradoras de nos comunicar com nosso público-alvo?


Nota: este artigo foi inspirado no post de Mike Veseth que escreveu um artigo interessante  relembrando seu Open That Bottle Night de 2010.
Foto: Vladimir Kudinov | Unsplash